Guilherme participa de audiência pública para criação da Microrregião de Catanduva

Guilherme participa de audiência pública para criação da Microrregião de Catanduva

 

Patrícia Cavalini

O prefeito de Santa Adélia, Guilherme Colombo da Silva, esteve na audiência pública do Projeto de Desenvolvimento Regional do Estado. Realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) no Teatro Municipal “Aniz Pachá” em Catanduva, a reunião contou com a presença do vice-governador e secretário de Governo, Rodrigo Garcia e o secretário da SDR, Marco Vinholi, que apresentaram os estudos técnicos que propõe a criação da Microrregião de Catanduva.

Também estiveram presentes no encontro o deputado federal Geninho Zuliani, o deputado estadual, Itamar Borges, o prefeito de Catanduva, Padre Osvaldo de Oliveira; o presidente do União dos Vereadores do Estado de São Paulo (UNIVESP), Sebastião Misiara, além de outros prefeitos e vereadores da região.

“Propomos a nova regionalização do estado de São Paulo, após quase 40 anos com o objetivo de planejar o futuro do nosso estado. A nova regionalização trará planejamento, recursos e principalmente envolvimento da sociedade civil para pensar o futuro junto ao poder público.”, comentou o vice-governador, Rodrigo Garcia.

Os principais objetivos do Projeto de Desenvolvimento Regional é constituir uma nova divisão regional administrativa comum a todos os setores da instituição do Estado, mas também de reorganizar os municípios em regiões, que já estão conectadas, sem divisas e com muita interação.

“A Microrregião de Catanduva é um sonho antigo de prefeitos, deputados e população da região. Temos uma grande interação entre os municípios, a região que tem uma união muito grande entre seus gestores, entre seu povo e uma trajetória de muitas lutas e glórias. O futuro da região de Catanduva está na criação da Microrregião.”, afirma o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

A Microrregião de Catanduva será composta pelos municípios: Ariranha, Catanduva, Catiguá, Elisário, Itajobi, Marapoama, Novais, Novo Horizonte, Palmares Paulista, Paraíso, Pindorama, Santa Adélia e Tabapuã. Os municípios somam 261.842 habitantes e Produto Interno Bruto de R$ 9,3 bilhões. A região possível nível 6 de integração municipal, enquanto a média do estado é de 4. Outro dado superior em relação a média do estado é o da Classe de interação municipal, enquanto na região média forte, o estado tem média fraca.

“Formando a microrregião, os municípios ganham mais forças. Muitas vezes, as cidades menores, como Santa Adélia, não conseguem realizar sozinhas, alguns investimentos ou melhorias. A formação da microrregião vai facilitar o planejamento, a gestão e a execução das funções públicas de interesse regional, além de criar instrumentos para uma governança interfederativa, com apoio da União, do Estado e também dos próprios municípios”, disse o prefeito Guilherme.